Manual de estudos para concursos de dança

postado em: Sala de Aula | 0

O Carnaval passou, o ano oficialmente começou e os concursos de dança do ventre já estão cada vez mais próximos, especialmente o Mercado Persa, o maior evento de dança do ventre da América Latina, que acontecerá em abril. Ou seja, já tem muita gente ensaiando para fazer bonito nos palcos dos eventos de 2017! Os concursos sempre são boas oportunidades para estabelecer um objetivo, estudar e evoluir bastante para a performance final, mas, para isso, é preciso muita organização e disciplina em primeiro lugar. Para quem quer começar a treinar para os concursos que acontecerão durante o ano e ainda não sabe muito bem como começar os ensaios, preparei um “manual” com algumas dicas que estou usando para a minha rotina de estudos.

 

concurso-dança-do-ventre

 

Leia bem o regulamento

Parece algo básico, não é? Entretanto, acredite, não é raro ver bailarinas sendo desclassificadas de concursos simplesmente por não se adequarem ao tema proposto. Muitas vezes fazemos as inscrições correndo, deixamos para ler o regulamento depois, e… o depois nunca chega. Portanto, não deixe de tirar um tempinho para ler o regulamento completo, com atenção, para que você esteja totalmente ciente de como o evento vai funcionar, evitando contratempos e constrangimentos.

 

Aproveita para dar uma alongadinha enquanto lê o regulamento, bonita!

 

Avalie o tempo que você tem 

Quanto tempo daqui até o concurso você tem? Quantas vezes por semana você consegue ensaiar? Respondendo estas duas perguntas simples você consegue ter uma ideia de quantas horas totais de ensaio você terá, e planejar direitinho o que precisará realizar durante esse tempo.

 

Defina temas de estudos e metas

Cada concurso tem suas peculiaridades e temas diferenciados. Em alguns você deverá apresentar exclusivamente uma coreografia de um determinado estilo, em outros você precisará improvisar uma música… Baseado na dinâmica do concurso, estabeleça o que você deve estudar, melhorar e criar para preparar sua performance.

 

Planeje os seus ensaios

Já sabe o que você vai precisar estudar? Então, para não se dispersar ou se sentir “perdida” na hora de ensaiar (o que muitas vezes pode ser um tempo curto, de 1h por exemplo, o que exige maior concentração para aproveitar a maior parte do tempo), uma boa ideia é planejar o que fazer em cada ensaio. Se você vai coreografar, defina até qual minuto da música deverá ser estudado e coreografado no primeiro ensaio. Se vai improvisar, defina qual tema irá estudar e como, além de já separar as músicas que serão usadas no treino. Tudo para poder focar no que realmente importa no ensaio: dançar!

 

Ensaios devidamente planejados? Nada de preguiça, põe a música e 5, 6, 7, 8!

 

Não deixe o figurino para a última hora

Nós nos preocupamos tanto com técnica, passos, coreografia, que podemos acabar deixando o figurino para a última hora. Péssima ideia, mesmo se você for solista! O figurino também é uma parte importante para a performance, deverá combinar e valorizar o seu número no concurso, além de contar pontos na maioria das competições. Se você ainda não sabe muito bem o que vestir para a sua proposta, não pense duas vezes e peça ajuda de um ateliê de confiança, da sua professora ou daquela amiga sincera em quem você confia!

 

Sabe aqueles posts motivacionais, que a gente escreve para ver se dá aquele gás na empolgação? Esse post foi um deles! Eu estou começando a aplicar as dicas acima e testando tudo… Algumas já deram certo em momentos anteriores, outras eu ganhei de amigas e professoras, mas já estão me ajudando bastante. Espero que também possa ajudar as leitoras do Taksim que queiram se jogar nos concursos. Se você também tiver alguma dica bacana para compartilhar, não pensa duas vezes e joga nos comentários para todo mundo ler!

Deixe uma resposta